Antes de fazer o teste de psicopata é importante saber de alguns detalhes. É normal relacionar um “psicopata” a uma pessoa violenta, porem essa visão é equivocada. Na verdade pessoas com características de psicopatia são desonestas e egocêntricas. Elas não conseguem ter compromisso e nem empatia, consideram muita mais inteligentes que os outros, acham que estão sempre certo e buscam ter prazer acima de tudo.

O comportamento violento acaba sendo uma consequência de pessoas com essas características. Porem, psicopatas podem levar uma vida tranquila como políticos, presidentes de empresa, médicos e outras pessoas que lidamos no nosso dia-a-dia.

teste de psicopata ou teste de psicopatia
Na verdade pessoas com características de psicopatia são desonestas e egocêntricas. Elas não conseguem ter compromisso e nem empatia

Como funciona o teste de psicopata de Robert D. Hare

Em 1970 o psicólogo canadense Robert D.Hare elaborou um teste que permite perceber sinais de psicopatia em qualquer pessoa. O Dr. Robert alerta que em seu estudo que não é possível diagnosticar a si próprio (nós do Coruja Feed não se importamos muito com isso certo? RS).

O teste de psicopatia é bem simples. Para cada pergunta é preciso classifica-la em uma escala de 3 pontos (0 = item não se aplica, 1 = item se aplica um pouco, 2 = item definitivamente se aplica). As pontuações são somadas para criar uma classificação de zero a 24. Qualquer um que classifica 18 ou mais, provavelmente um psicopata. Vamos ao teste de psicopata, responda com sinceridade!

1. Boa Lábia:

Você é bem articulado e ótimo “marketeiro” pessoal. Como um bom ator em cena, conquista as pessoas bajulando e contando histórias mirabolantes de si. Com meia dúzia de palavras difíceis, se passa por sociólogo, médico, filósofo, escritor, artista ou advogado.

2. Ego Inflado:

Você se acha a pessoa mais importante do mundo. Seguro de si, cheio de opinião, dominador. Adora ter poder sobre as pessoas e acredita que nenhum palpite vale tanto quanto suas ideias.

3. Mentiras sem limite:

Mente tanto que às vezes não se dá conta de que está mentindo.

4. Sede por Adrenalina:

Não tolera monotonia, e dificilmente fica encostado num trabalho repetitivo ou num casamento. Precisa viver quebrando regras. Alguns se aventuram em rachas, outros nas drogas, e uma minoria, no crime.

5. Reação Estourada:

Reage desproporcionalmente a insulto, frustração e ameaça. Mas o estouro vai tão rápido quanto vem, e logo volta a agir como se nada tivesse acontecido.

6. Impulsividade:

Embora racional, não perde tempo pesando prós e contras antes de agir. Se estiver com vontade de algo, vai lá e consegue tirando os obstáculos do caminho.

7. Comportamento Antissocial:

Regras sociais não fazem sentido para quem é movido somente pelo próprio prazer, indiferente ao próximo.

8. Falta de Culpa:

Por onde passa, deixa bolsos vazios e corações partidos. Mas por que sentir mal se a dor é do outro e não dele?

9. Sentimentos Superficiais:

Emoção só existe em palavras. Se namorar será pelo prazer e pelo poder sobre o outro, não por amor. Se perder um amigo, não ficará triste.

10. Falta de Empatia:

Não consegue se colocar no lugar do outro. Não ama: se chegar a casar-se e ter filhos, vai ter a família como posse, não como entes queridos.

11. Irresponsabilidade:

Compromisso não lhe diz nada – tende a ser um mau funcionário, amante infiel e pai relapso. Porém, como a família e amigos são uma fonte de status, para cada erro já tem um promessa pronta: “Eu mudei. Isso não vai acontecer de novo.”

12. Má conduta na infância:

Seus problemas aparecem cedo. Já começa a roubar, usar drogas, matar aulas e ter experiências sexuais antes dos 12 anos. Seu sadismo não poupa nem mesmo coleguinhas, irmãos ou animais.

E ai qual foi sua nota do teste de psicopata? Compartilhe nas redes sociais.

O post Teste de Psicopata: 12 perguntas vão dizer se você é um. apareceu primeiro em Coruja Feed.